Palestra “Combate à Corrupção e Ordem Constitucional: Desafios e Perspectivas para o Fortalecimento do Estado Democrático de Direito”

Inscrições Encerradas

A Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região – EJUD2 – convida os Magistrados e Servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região para a Palestra “Combate à Corrupção e Ordem Constitucional: Desafios e Perspectivas para o Fortalecimento do Estado Democrático de Direito”.

O evento realizar-se-á dia 17 de maio de 2016, das 17h00 às 19h45, Fórum Ruy Barbosa, no auditório da Escola Judicial, 10º andar, Bloco A, Av. Marques de São Vicente, 235.

Público Alvo: Magistrados e Servidores do TRT da 2ª Região.

Vagas: 90 (noventa)

Palestrante: Professora Flávia Piovesan

Carga Horária: 2h 45 min

Flávia Piovesan é Professora Doutora da Faculdade de Direito da PUC-SP nas disciplinas de Direito Constitucional e de Direitos Humanos. É professora de Direitos Humanos do Pós Graduação da PUC-SP e da PUC-PR. Professora do Programa de Doutorado em Direitos Humanos e Desenvolvimento da Universidade Pablo de Olavide (Sevilha, Espanha) e do Programa de Doutorado (modalidade intensiva) da Universidade de Buenos Aires. Mestre e doutora em Direito Constitucional pela PUCSP, tendo desenvolvido seu doutoramento na Harvard Law School, na qualidade de visiting fellow do Human Rights Program, em 1995, tendo a este programa retornado em 2000 e 2002. Foi visiting fellow do Centre for Brazilian Studies, na University of Oxford, em 2005. Foi visiting fellow do Max-Planck-Institute for Comparative Public Law and International Law, em Heidelberg, em 2007 e 2008 e Humboldt Foundation Georg Forster Research Fellow no Max-Planck-Institute for Comparative Public Law and International Law desde 2009. É Procuradora do Estado de São Paulo desde 1991, tendo sido a primeira colocada no concurso de ingresso. Foi coordenadora do Grupo de Trabalho de Direitos Humanos da Procuradoria Geral do Estado de 1996 a 2001.

Membro do Comitê Latino-Americano e do Caribe para a Defesa dos Direitos da Mulher (CLADEM), do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH), da Comissão Justiça e Paz, da Associação dos Constitucionalistas Democráticos, da SUR – Human Rights University Network e foi membro do governing board da International Association of Law Schools (IALS). Foi membro da UN High Level Task Force on the implementation of the right to development e é membro do OAS Working Group para o monitoramento do Protocolo de San Salvador em matéria de direitos econômicos, sociais e culturais.

Foi observadora das Nações Unidas na 42ª sessão da Comissão do Status da Mulher. Recebeu menção honrosa do Prêmio Franz de Castro Holzwarth, conferido pela Comissão de Direitos Humanos da OAB/SP em 1997. Assessora científica da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e consultora ad hoc do CNPq. Tem prestado consultoria em direitos humanos para a Fundação Ford, Fundação Heinrich Boll; European Human Rights Foundation; United Nations High Commissioner for Human Rights; e Comissão Interamericana de Direitos Humanos.

É autora de vários livros. Possui artigos publicados em jornais, revistas e livros jurídicos.

Tem participado de conferências, seminários e cursos sobre temas de direitos humanos no Brasil e no exterior, particularmente na Alemanha, Áustria, Argentina, Bolivia, Uruguai, Peru, Venezuela, Costa Rica, México, Estados Unidos, Canadá, Índia, Turquia, Zimbábue, África do Sul, Portugal, Espanha, Itália, França, Bélgica, Holanda, Suiça e Inglaterra.

Inscrições gratuitas até o dia 10 de maio de 2016, ou enquanto houver vagas, condicionadas ao recebimento de confirmação pela Secretaria da Escola Judicial, no dia 11 de maio de 2016. 

 

Esta entrada foi publicada em Eventos Inscrições encerradas. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.